0
+55 (11) 2307-4746
Login / Cadastrar

Lírio da Paz

Voltar para a Lista de Flores

Nome Popular: Lírio-da-Paz

LÍRIO-DA-PAZ

Nome científico: Spathiphylum wallisi

Família: Araceae.

Nomes populares: lírio-da-paz, bandeira-branca, espatifilo, bandeira-da-paz, espatifilum.

Etimologia: seu nome é uma junção duas palavras gregas, spathe, que significa bráctea e phyllon, que significa folha.

Origem: América Central.

Características gerais: planta herbácea perene, vigorosa, rizomatosa, acaule, ereta, possuindo de 30 a 40 cm de altura. Possui folhas coriáceas, glabras e brilhantes. Floresce na primavera-verão, destacando-se a espata branca que, com o tempo, torna-se verde. Não possui perfume.

Condições de cultivo: deve ser cultivada em áreas de meia-sombra ou sombra, em terra rica em matéria orgânica, com boa drenagem e recebendo irrigação periódica. Não tolera baixas temperaturas. O clima ideal para o seu cultivo deve ser moderadamente úmido, com temperaturas entre 20°C e 27°C. Essa espécie é bastante resistente ao ataque de pragas.

Propagação: multiplica-se por sementes, divisão de touceiras, que é a prática mais recomendada ou, ainda, por cultura de tecidos.

Usos: pode ser usada como planta de interior, cultivada em vasos, como flor para corte ou na formação de maciços e bordaduras em jardins.

Curiosidades: por apresentar a capacidade de se desenvolver bem em ambientes internos, é indicada para cultivo dentro de casa e funciona como um purificador biológico, ajudando a eliminar componentes tóxicos eventualmente liberados no ar.

Existem algumas lendas a respeito do lírio-da-paz:

a) Na América Central, por volta de 1500, os espanhóis queriam invadir um templo sagrado indígena para destruí-lo e roubar o seu tesouro. Mas uma jovem índia se jogou na frente do local sagrado e exclamou: Aqui vocês não entram! Então esta moça foi morta e, no mesmo instante em que o seu corpo caiu no chão, se transformou numa flor branca que foi chamada de lírio-da-paz.

b) Oxum e Oxossi eram duas entidades que viviam no meio da floresta. Eram casados, mas não podiam ter filhos. Fizeram então uma oração para Oxalá pedindo uma criança. Certo dia, Oxossi estava passeando na selva e escutou um choro de bebê que vinha de dentro de um lírio. Ela abriu as pétalas desta flor e viu que dentro da planta havia um bebê, que foi adotado e recebeu o nome de Logudené. Quanto à flor, ela recebeu o nome de lírio-da-paz. Segundo a lenda, Logudené vive seis meses como homem e seis meses como mulher e quem tem um lírio-da-paz em casa é protegido por esta entidade.

Também o lírio-da-paz é uma planta mística, capaz de sugar as energias negativas emitidas por pessoas vivas ou por espíritos. Quando se coloca um lírio-da-paz dentro de uma residência e esse murcha, é sinal de que esta planta consumiu as energias negativas que estavam no ambiente, protegendo os moradores da casa.

Como todas as espécies da família Araceae, o lírio-da-paz possui oxalato de cálcio, sendo considerado uma planta tóxica.

Significados: como expresso no próprio nome, significa ‘paz’.

Engenheira Agrônoma, MSc. Márcia de Nazaré Oliveira Ribeiro

Engenheira Agrônoma, DSc. Patrícia Duarte de Oliveira Paiva

Foto da linda flor Lírio da Paz